Goldmine Magazine entrevista Mike Portnoy que fala sobre seu tempo com A7X

25/07/2010 19:36

Goldmine Magazine recentemente, teve uma breve entrevista com o baterista da banda Dream Theater Mike Portnoy (e logo para ser o baterista temporário para Avenged Sevenfold) e perguntei-lhe sobre o seu tempo com A7X:

Jimmy Sullivan, era um grande fã seu. Sua participação com a banda é, provavelmente, uma grande honra para eles, e é realmente um gesto simpático de sua parte.
É uma honra para mim, assim, ter sido o tipo de mão-colhidos e pediu para fazer isso, porque a situação. Você sabe, quando eu entrei e fiz o álbum, era algo que eu estava honrado por fazer. Eu queria ser muito cuidadoso para levar a Rev do tambor as partes de vida para este álbum. Eles perderam seu irmão em uma idade incrivelmente precoce. Você sabe, ele tinha apenas 28, então foi uma tragédia que eles tinham de suportar. Eu queria ir para lá e continuar o seu legado com o tambor as partes que era suposto estar a jogar. Então, eu fiz o meu trabalho e tivemos um bom tempo uns com os outros em um nível pessoal ... Os caras são realmente cool guys, e eu realmente gostava de fazer o registro com eles. E eu disse-lhes que, se eu fosse capaz de uma turnê com eles, eu adoraria fazê-lo, e, com certeza, a turnê está começando assim como Dream Theater está terminando.

Será que vai ser fácil para você trocar as marchas tão rápido?
Estou acostumado a jogar com muitos artistas diferentes com meu passado 15 a 20 anos, se você olhar para a minha discografia. Quer dizer, eu joguei com pelo menos uma dúzia de projetos paralelos e bandas diferentes. Ainda este ano sozinho, eu estou fazendo shows, com quatro bandas diferentes, todos eles são muito diferentes: Dream Theater, Avenged Sevenfold, Transatlantic e Hail! Isso mostra que meu gosto musical é amplo. Eu amo tantos estilos diferentes de música, e essa é uma das razões pelas quais eu gosto de tocar com outros artistas.